Autor: Joao Bosco Pitombeira Fernandes de Carvalho

Resumo:
O século XVII introduziu novas maneiras de calcular tangentes, no que progrediram muito além dos gregos. Sentia-se a necessidade de criar métodos, de abrangência geral. Isso foi feito como parte da efervescência matemática que culminaria com a criação do cálculo infinitesimal por Newton e Leibniz. Entre outros, Roberval, Fermat, Descartes, Huygens, Wallis, desenvolveram, independentemente, métodos para calcular tangentes. Alguns deles eram bem específicos, funcionavam para uma curva, mas se caracterizavam por introduzir novas ideias, como a de velocidade instantânea; outros permitiam resolver grande parte dos problemas relativos às tangentes das curvas algébricas, ou seja, aquelas representadas por funções algébricas f(x,y)=0. Todos eles seriam abandonados após a formulação abrangente do cálculo por Newton e Leibniz. Trataremos aqui dos métodos desenvolvidos por Roberval, Fermat e Descartes